13.4.11

Eles acham que mudando a cor da cerveja ela fica melhor...



O Grupo Petrópolis foi liberado pela Justiça para vender a cerveja Itaipava em latas vermelhas. Lançada em setembro de 2010, a embalagem foi proibida de ser comercializada em janeiro deste ano. A Ambev entrou com ação que alegava cópia e concorrência desleal à Brahma, que lançou a lata vermelha antes, em julho. A companhia defendeu que a estratégia da Itaipava, de adotar a embalagem da mesma cor, iria confundir os consumidores da bebida. O Grupo Petrópolis argumentou que o vermelho sempre esteve presente em seu material de divulgação.

Vamos fazer um beerback. Em junho do ano passado, a Ambev lançou uma série de propagandas com a seguinte frase “Porque a lata da Brahma é branca?”.  Alguma semanas  após muita besteira informação sobra à lata, eles anunciaram a grande revolução: “Para não ficar igual às outras agora a Brahma é vermelha – Humm que fantástico...”. 

Agora a Itaipava segue a mesma ideia. Usando o argumento que o vermelho sempre esteve na lata eles criam sua versão vermelha (Cá para nós, ficou igual). 

Infelizmente, em vez de ter uma briga entre as cervejarias para saber quem faz a melhor cerveja ou quem utiliza ingredientes de melhor qualidade, temos que presenciar uma briga para saber quem fazer a latinha mais diferente, achando que o público vai gostar mais ou menos por que ela é vermelha, amarela, verde, branca...

Nenhum comentário:

Postar um comentário