29.3.11

Guinness Ad


Top 5 Beer 2011

Sempre quis saber qual é a cerveja mais cara ou qual é a mais forte. Por esse motivo resolvi fazer uma pesquisa para saber quem é a TOP da TOP em cada categoria.





A mais cara:  A cerveja que leva o título de mais cara é a Antarctic Nail Ale produzida pela cervejaria Nail Brewing. Cada garrafa é comercializada por apenas US$ 800 ou  R$ 1.324,79 . A cervejaria explica que a água vem das geleiras da antártica dai o nome.








A mais consumida: Foi uma grande surpresa descobrir que a cerveja mais consumida no mundo não é uma Belga, Alemã nem mesmo Holandesa. A cerveja mais consumida é uma Chinesa (com uma população de mais de 1,3 bilhões, qual cerveja não seria). A Snow bate todos os recordes globais, com uma produção de mais 5,1 bilhões de litros por ano superando os 3,8 bilhões de litros por ano da Budweiser.



 

A melhor do ano: Gosto não se discute. É provável que a melhor do ano para você seja uma Snow ou a nossa verdinha a Heineken quem sabe uma Guinness. Mas de acordo com o Site Rate Beer a melhor do ano foi a Närke Kaggen Stormaktsporter da cervejaria Närke Kulturbryggeri original da Suécia.





A mais conhecida: A cerveja mais conhecida é a nossa Heineken. A 6º maior produtora de cerveja no mundo e uma das mais consumidas na Europa. Essa verdinha com suas propagandas diferenciada e patrocinadora oficial na Liga dos Campeões é a mais conhecida entre as cervejas ocidentais.







A mais forte: A dinamarquesa Schorschbräu agora com 43% é a mais forte entre as cervejas. Uma surpresa, afinal no ano passado a cervejaria BrewDog anunciou uma cerveja com 42%.Essa corrida rumo a cerveja com 50% não está longe.

3° Workshop de Cerveja Artesanal em Recife



Muito bom.  Essas duas palavras definem bem como foi a última edição do workshop da galera do RecBrew. Então o que você está esperando entre em contato já e garanta sua vaga no 3° Workshop de produção e degustação de Cerveja Artesanal.

Caso tenham dúvidas entrem em contato pelos telefones ou pelos e-mails:

Joaofilipemuniz@gmail.com - (81) 99535637
 
romeroperman@hotmail.com (81) 88283059

Para os interessados infelizmente as vagas são limitadas;
Garanta já a sua!

"Durante o curso haverá um consumo razoável de bebidas alcoólicas, Sugerimos táxi ou carona; Se Beber não dirija!"

28.3.11

0001 em 2010 -- 1000 em 2011

Hoje alcançamos um novo patamar no nosso blog. No dia 18 de setembro de 2010, o blog nasceu e foi prestigiado com apenas uma visita. Sete meses depois ou 210 dias ou  5040 horas e para os que gostam de números 18.144.000 segundos o blog chegou à marca de 1.000 visitas por mês. \o/



Acompanhe a chegada via fotos:
visualizações por mês

1.000 visualizações por mês

Assim chegamos na marca de 1.000 visualizações por mês. Rumo as 5.000 e com muita cerveja.


24.3.11

Tudo e mais um pouco sobre Chopp



  

Chopp uma palavra comum em qualquer bar. Na Europa, nas Américas, na Ásia. Não importa onde você esteja quando pronunciar a palavra Chopp fique certo que ela vai chegar do jeito que você conhece. Agora para você conhecer melhor essa bebida segue um guia de perguntas e respostas sobre ele.

1.       De onde vem a palavra Chopp?
- Do alemão Schoppe que é uma medida de volume equivalente a 500 ml. Hoje designa a bebida.

2.       Qual a temperatura ideal?
- O ideal é que o Chopp saia da máquina com temperatura entre 0 e 2ºC, para que chegue na mesa com 3 ou 4ºC

3.       Chopp estraga?
- Sim. A bebida oxidada muito facilmente. Um barril tem prazo de validade de 30 dias.

4.       Do que é feito o Chopp?
- Os mesmo ingredientes da cerveja: Água, malta, cereal e lúpulo.


5.       Qual a diferença entre Chopp e cerveja?
- Os ingredientes são os mesmos. No entanto, a cerveja recebe mais uma pasteurização.

6.       Qual o tamanho ideal do colarinho e qual a sua função?
- O ideal são de 3 cm. Sua função é de manter o gás e proteger a bebida do contato com o oxigênio. A espuma também ajuda a preservar a temperatura.

7.       Qual a diferença do Chopp claro para o escuro?
- De modo geral o Chopp escuro tem malte torrado ou leva adição de caramelo.
  

8.       O que é serpentina e qual a sua função?
- É um tubo que sai do barril e que leva o Chopp até a torneira. Nesse processo ele está imerso no gelo e é nesse trajeto que o Chopp gela.

9.       Qual o teor alcoólico do Chopp?
- Entre 4,5 e 5%.
  

10.   Qual a melhor choperia?
- Existem muitas choperias de qualidade. Uma das mais famosas é a Delirium Tremens (Bruxelas, Bélgica) com 30 marcas diferentes.


Um Chopp, dois Chopp, três Chopp... Chopp.


Enviado por : Lucas Valdez

21.3.11

Artesanais x Industriais

Hoje uma das grandes empresas no ramo da cerveja é a nossa conhecida Ambev. Que durante vários anos dominou o mercado cervejeiro brasileiro. No entanto, essa historia está mudando.

No ano passado o consumo de cervejas artesanais foi superior ao consumo de cervejas industriais (proporcionalmente). Enquanto o mercado de cervejas industriais cresce à taxa média de 5% ao ano, o de cervejas artesanais cresce pelo menos 20%.

A ideia de uma cervejaria artesanal é a produção em menor escala visando um produto com grande qualidade. Em geral, as cervejas artesanais são feitas com ingredientes nobres e sem uso de conservantes. Malte de cevada é o principal ingrediente, sendo a única fonte de carboidratos na fabricação de cerveja artesanal

Uma das curiosidades das cervejarias artesanais é a preocupação em seguir certas regras. Tanto a lei de pureza alemã de 1516 que determina a fabricada da cerveja apenas com os seguintes ingredientes: água, malte de cevada e lúpulo. Como a lei da pureza Baviera de 1517 que determina a utilização de 100% malte na produção, da cerveja.

As cervejarias industriais normalmente utilizam apenas 50% de malte, acrescentando formas de açúcar em sua formulação, fazendo com que o custo de produção seja reduzido.

Com um processo mais custoso as cervejas artesanais comparadas as industriais são um pouco mais caras No entanto, você vai pagar por um produto de uma qualidade muito superior que vai lhe surpreender em cada gole.

Então quando for comprar uma cerveja pense nisso: Beber menos e beber melhor.

17.3.11

16.3.11

13.3.11

Cervejaria Sapporo é afetada pelo terremoto no Japão

Como é de conhecimento de todos, nessa sexta o Japão foi atingindo por um terremoto de magnitude 8.9 na escala Richter. Até o hoje a defesa civil japonesa informa a morte de mais de 1,6 mil pessoas. A tendência é aumentar.

Entre as empresas afetadas uma deles foi a cervejaria Sapporo ,localizada em Sendai na província de Miyagi. Na foto da fábrica podemos ver alguns trabalhadores na parte superior da cervejaria e mais ao canto alguns tanques de fermentação que tombaram após o terremoto.

Sobre a cerveja da Sapporo não posso falar muito como nunca degustei uma. No entanto os reviews da cerveja mostram que essa cerveja não tem nada de excepcional. Sua última produção foi a Sapporo Chocolate. Já o seu comercial é bem divertido.

                          


Força Japão - 強制的に日本


11.3.11

Aplicativo mestre cervejeiro

Essa semana a Ambev colocou em seu site um aplicativo bem divertido e instrucional. Nele passamos por algumas perguntas sobre cerveja. Respondendo se é verdade ou apenas um mito. Curta clicando aqui.

10.3.11

Correção

No dia 13 de fevereiro, fiz um post sobre a cerveja Abadessa. Nesse post cometi o erro de trocar os estilos de cerveja onde descrevi a cerveja Abadessa como tipo Abadia/Abade. Na verdade essa cerveja é tipo  Export/Dortmunder.

Obrigado.


2.3.11

Todo mundo tem seu lado Devassa

Paris Hilton, mostrou todo o seu lado Devassa.Agora é a vez de Sandyjunior Sandy.Essa loira eu já peguei antes, estava na praia , um calor de matar e como nosso amigo Juan costuma dizer mandei uma cerveja na guela.Essa cerveja é bastante refrescante,perfeito para tomar na praia, piscina, carnaval...


Eita loira arretada.

Cerveja Backer Trigo


Mesmo sendo uma redundância, gosto sempre de falar: cerveja boa = cerveja mineira(as mulheres também). A cervejaria Backer-BH, possui 4 tipos diferentes:Trigo,Pale ale,Brown e a Pilsen.Hoje degustei a Backer de trigo.Ela é uma cerveja refrescante, de alta fermentação (5%) e paladar suave, cor opaca apresentando notas de cravo e aromas frutados. Boa cerveja.